Roraima

Área 224.298km²
(2,6% do território nacional)
Habitantes 391.317
(0,2% da população nacional)
Capital Boa Vista

Norte

Roraima

Roraima fica no extremo Norte do Brasil, na fronteira com a Venezuela e com a Guiana. Terra de contrastes na geografia e na cultura, é destino especial para quem busca roteiros ecoturísticos inusitados. A Floresta Amazônica cobre 3/4 do estado, que tem uma das menores densidades demográficas do país: são apenas 395,7 mil habitantes dispersos em 15 municípios, num território de 224,3 mil km², pouco menor que o estado de São Paulo. Há também extensos campos naturais e montanhas.

Cortado pela linha do Equador, Roraima tem a maior parte de sua área no hemisfério Norte. No extremo Norte do estado, as altitudes ultrapassam os 1.100 m e os termômetros chegam a 6C, grande mudança para quem sai do calor equatorial da planície. O Monte Roraima, com 2.875 m, encanta os apreciadores de aventuras radicais. Fica na tríplice fronteira entre Brasil,Venezuela e Guiana, em um parque nacional com cachoeiras, formações de cristais e pinturas rupestres.

Uma das peculiaridades de Roraima é a forte presença de índios – as Terras Indígenas ocupam aproximadamente 104 mil km², 46% da área do estado. A cultura do estado reflete a combinação da influência indígena, da lusitana e dos migrantes de vários estados brasileiros, atraídos por oportunidades na agricultura, pecuária, prestação de serviços e no extrativismo de madeira, ouro, diamantes e cassiterita. No Século XVII, Roraima foi destino de expedições portuguesas em busca de tesouros minerais e ervas da floresta. No Século XVI, holandeses, ingleses e franceses já se aventuravam pela região em busca da mítica cidade do Eldorado.