Rio Grande do Norte

Área 52.796km²
(0,6% do território nacional)
Habitantes 3.003.087
(1,6% da população nacional)
Capital Natal

Nordeste

Rio Grande do Norte

Para quem busca um destino de viagem com sol e brisa o ano inteiro, mar morno, comida deliciosa, cultura marcante e natureza privilegiada, o Rio Grande do Norte supera as melhores expectativas. Turistas portugueses, italianos e noruegueses, entre outros, são os mais novos desbravadores desse pequeno – 52,8 mil km² – e hospitaleiro estado nordestino de 3 milhões de habitantes e paisagens de tirar o fôlego.

A história do Rio Grande do Norte se confunde com as origens do Brasil. Seu território era originalmente habitado pelos índios potiguares. Em 1501, a primeira demarcação portuguesa no país recém-descoberto foi realizada no litoral do estado – o Marco de Touros, fincado na praia de mesmo nome e hoje exposto no Forte dos Reis Magos, em Natal. Entre 1633 e 1654 a região ficou sob domínio holandês.

Os 400 km do litoral potiguar são uma sucessão de praias de cartão-postal, com areia branca, dunas, lagoas, coqueirais e falésias. Das badaladas às semi-selvagens, há para todos os gostos. Ao Sul da capital, ficam Tibau do Sul, Pipa – considerada uma das mais bonitas do Brasil –, Baía Formosa... Para o Norte, há dezenas de opções. A mais famosa é Genipabu, que encanta por suas dunas e passeios de bugue. Para Oeste, fica a Costa Branca...

A capital, Natal, dispõe de completa infra-estrutura de hospedagem, alimentação, lazer e eventos. Um destino que desperta crescente atenção é a Região do Seridó, no interior. O sertão dos vaqueiros, dos repentistas e da Caatinga – ecossistema único no mundo – tem paisagens de beleza selvagem surpreendente.