Rio de Janeiro

Área 43.696km²
(0,5% do território nacional)
Habitantes 15.383.407
(8,5% da população nacional)
Capital Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Paraty

Quem chega ao centro antigo de Paraty pelo cais do porto tem a impressão de ter voltado aos tempos do Brasil Colônia. Fundada em 1531, a cidade ganhou impulso no fim do Século XVII ao se tornar entreposto comercial durante exploração de ouro em Minas Gerais. Era ponto de partida para os aventureiros que se embrenhavam no interior por um caminho que passou a ser conhecido como Estrada Real.Também teve importante papel durante o ciclo econômico da cana.

O relativo isolamento da cidade permaneceu até a construção da BR-101, em 1970, o que explica o ótimo estado de preservação de seu centro histórico. Paraty é Patrimônio Histórico Nacional desde 1966. Tem 33,7 mil habitantes. O município integra a região conhecida como Costa Verde, com grandes áreas de Mata Atlântica preservada – nos arredores ficam o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Reserva Ecológica de Juatinga e a Área de Proteção Ambiental do Cairuçu.

De onde antigamente partiam navios abarrotados de ouro para Portugal, hoje saem passeios para as dezenas de ilhas e praias da Baía de Ilha Grande. As melhores praias estão localizadas no extremo Sul, na região de Trindade, ou são acessíveis por trilhas que partem de Laranjeiras. A cidade é palco de eventos que atraem milhares de visitantes à cidade, entre eles a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), o Carnaval e a Festa da Pinga.

Paraty tem cerca de 7 mil leitos de hospedagem, entre hotéis e resorts de alto padrão e pousadas de charme, algumas funcionando em construções do Século XVIII. Os 150 bares e restaurantes têm excelentes opções de cozinha regional, à base de peixe, e da culinária internacional. A maioria dos bares tem música ao vivo e alguns oferecem degustação das cachaças produzidas nos alambiques da região.

Paraty

Principais Atrativos

Conjunto Arquitetônico

A cidade preserva um dos mais belos conjuntos arquitetônicos do país. O calçamento em pedra pé-de-moleque foi construído para permitir o escoamento das águas da chuva e da maré alta, que até hoje invade a cidade, principalmente no outono. O melhor programa noturno de Paraty é caminhar pelas suas ruas iluminadas e entrar em um de seus charmosos restaurantes e bares com música ao vivo.

Casa da Cultura

Localizada no Centro Histórico, conta com livraria, loja de artesanato e café. Exibe depoimentos de moradores, artistas e intelectuais gravados em vídeos, que relatam a história e as tradições locais. Rua Dona Geralda, 177, Centro Histórico. Quarta a segunda, 10h às 18h30 (19h30 durante o horário de verão).

Igreja de Santa Rita

Construída em 1722, é o cartão-postal de Paraty. Abriga Museu de Arte Sacra. O interior possui características dos estilos barroco e rococó. Largo Santa Rita. Quarta a domingo, 9h às 12h e 14h às 17h. Visitação apenas ao museu.

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Construída em 1725, era a igreja dos escravos. A talha dos altares dedicados a São Benedito e a São João Batista é considerada a mais importante de Paraty. Rua do Comércio. Terça a domingo, 9h às 12h e 14h às 17h.

Praia do Cachadaço

Localizada no extremo Sul de Paraty, próximo da divisa com São Paulo, é considerado um dos lugares mais bonitos da região. Além da praia e de cachoeiras, possui piscina natural formada por grandes pedras vulcânicas, com peixes coloridos. Acesso apenas por barco ou caminhada por trilha.

Outras praias

Há muitas praias de águas calmas e cristalinas em Paraty. As principais são a da Figueira, freqüentada por naturistas; a Praia do Meio, separada da Praia do Cachadaço por um rio, com mar calmo e boa infraestrutura; a Praia de Fora (ou dos Ranchos), localizada na Vila de Trindade, uma das mais movimentadas da região; do Cepilho, porta de entrada da Vila de Trindade, muito procurada por surfistas; Brava, deserta e de ondas fortes, muito procurada por causa de uma bela cachoeira – o acesso é feito por uma trilha de 30 min a partir da estrada para Trindade; Praia do Sono, que exige dos visitantes 40 min de trilha até chegar às águas cristalinas do mar, que se une a um rio; e a da Lula, abrigada pela baía e ponto de parada da maioria dos passeios de escuna.

Paraty Mirim

A 27 km do centro histórico, está localizada dentro da Baía de Ilha Grande e abriga a Igreja Nossa Senhora da Conceição, construção do Século XVII voltada para o mar. O acesso é feito pelo Km 154,5 da BR-101 (Rio-Santos).


Voltar

Paraty

Atividades

Mergulho

A Ilha dos Meros é tida como o melhor local para o mergulho autônomo em Paraty. Outros pontos explorados são as ilhas Catimbau, Ratos e Ganchos. Consulte uma operadora de mergulho na cidade sobre cursos.

Trekking

Há várias trilhas em Paraty. Elas levam para praias desertas – Sono (40 min) e Martim de Sá (3h) –, cachoeiras ou à piscina do Cachadaço. Operadoras oferecem também opções mais radicais como uma caminhada de três dias a partir da Ponta da Juatinga.

Passeios de barco

Há várias opções de passeios que podem ser feitos em escuna ou em barcos alugados na Associação de Barqueiros e tem duração média de 5h. Os roteiros incluem as ilhas Catimbau, Sapeca, Algodão e Comprida, além das praias da Lula e Vermelha e a piscina do Cachadaço.

Estrada Real

Construída por escravos entre os séculos XVII e XIX sobre as trilhas usadas pelos índios guaianazes para transportar o ouro extraído de Minas Gerais até o porto de Paraty. Parte do calçamento está preservado, em meio à Mata Atlântica do Parque Nacional da Serra da Bocaina. O trecho pode ser feito a pé ou a cavalo. Estrada para Cunha (RJ-165), com saídas do Teatro Espaço. Rua Dona Geralda, 327.

Cachoeira da Pedra Branca

Paraty tem oito cachoeiras; a da Pedra Branca é a mais bonita. Além do acesso fácil, a cachoeira tem seqüência de quedas d'água, poço para nadar e vegetação nativa. Acesso no Km 3,5 da estrada para Cunha; entrar à direita na Ponte Branca e seguir cerca de 4 km.

Voltar

Paraty

Eventos

Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP)

Criada em 2003, a FLIP é um evento anual, com duração de quatro dias, realizada no mês de julho. Reúne escritores brasileiros e estrangeiros para uma série de palestras.

Carnaval

Desfiles de blocos de mascarados, caricaturas gigantes e bonecos pelas ruas do Centro Histórico animam o Carnaval de Paraty.

Festival da Pinga

Realizado anualmente no mês de agosto, é dos eventos mais tradicionais da cidade, com degustação de cachaças produzidas pelos engenhos da região. A 25 edição foi realizada em 2007. Paraty explorou a produção de cachaça no tempo do Brasil colonial e ainda mantém alambiques em funcionamento.

Festival do Camarão

A festa, realizada anualmente em julho, marca o fim do defeso do camarão, período proibido para a pesca do crustáceo. Pratos à base de camarão são servidos a preço de custo.

Voltar

Paraty

Gastronomia

A cozinha típica da região tem origem indígena com influências da proximidade do mar e da produção de açúcar, café, cachaça e farinha de mandioca. O cardápio inclui peixe enrolado em folha de bananeira e assado na areia – uma fogueira é acesa em cima do peixe, enterrado –, camarão casadinho, lula recheada e caranguejo cozido. Paraty possui ótima rede de restaurantes com cozinha internacional, com destaque para a francesa e a italiana.

Voltar

Paraty

Artesanato

Cestos, peneiras, balaios, tapetes e bolsas, feitos com fibra vegetal, são alguns dos produtos mais representativos do variado artesanato de Paraty. Os trabalhos em tecido aparecem em colchas ou tapetes de retalho, bonecas de pano e crochê. Utensílios domésticos ou objetos de decoração em madeira, além de máscaras de papel machê, também são comercializados na Casa da Cultura.

Voltar

Paraty

Acessos

Por via rodoviária

Do Rio de Janeiro: BR-101 (Rio-Santos, uma das mais bonitas do Brasil).
De São Paulo: Rodovia Ayrton Senna, Rodovia Carvalho Pinto, Rodovia dos Tamoios até a BR-101 (Rio- Santos).

Por via aérea

O aeroporto de Paraty atende aeronaves de pequeno porte. A maioria das agências da cidade oferece transporte a partir dos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro.

Distâncias de Paraty

Rio de Janeiro: 236 km
São Paulo: 285 km


Voltar