Piauí

Área 251.529km²
(3% do território nacional)
Habitantes 3.006.885
(1,6% da população nacional)
Capital Teresina

Piauí

Delta do Parnaíba

Segunda maior cidade do Piauí, com mais de 140 mil habitantes, Parnaíba é a porta de entrada para o delta do rio de mesmo nome, principal ícone turístico do estado. Distante 360 km da capital Teresina, é o centro comercial e turístico do pequeno litoral e 66 km de extensão.

Enquanto era Vila de São João da Parnaíba, no Século XIX, a cidade viveu tempos de prosperidade, centralizando a exportação da cera de carnaúba para os mercados europeus. Algumas igrejas e casarões coloniais do Século XVIII permanecem como lembranças daquela época áurea, mas hoje Parnaíba é uma cidade moderna, de comércio desenvolvido e ruas largas, capazes de absorver o tráfego intenso de bicicletas e motos, uma característica do lugar.

O centro turístico de Parnaíba é a localidade do Porto das Barcas, situada às margens do rio Igaraçu, defronte à Ilha Grande de Santa Isabel. Marco de fundação da cidade, em 1761, o local desempenhou papel preponderante na economia da região durante o ciclo da carnaúba. Atualmente, os antigos prédios e armazéns do local foram restaurados e transformados em restaurantes, museus, lojas de artesanato, pousadas e sedes das operadoras de ecoturismo que promovem os passeios para o Delta.

Delta do Parnaíba

Principais Atrativos

Delta do rio Parnaíba Ao desaguar no Atlântico, o rio Parnaíba forma o único delta das Américas em mar aberto, com 73 ilhas e ecossistemas variados de mangues, praias, dunas e igarapés, um santuário ecológico visitado por turistas de todo o mundo. Ocupa uma área de 2,7 mil km².

Ilha do Caju

Localizada a Noroeste do Delta do Parnaíba, a Ilha do Caju dista 50 km da cidade de Parnaíba, tem menos de 100 habitantes e mais de 10 mil hectares de mangues, dunas, matas e campos, além da sede de uma antiga fazenda, hoje transformada em pousada. Por ser a única ilha completamente preservada da região, atrai aves migratórias e é destino procurado por ecoturistas e estudiosos da natureza.

Porto das Barcas

Porto fluvial de onde partem alguns dos passeios de barco pelo Delta e complexo turístico formado por armazéns e prédios dos séculos XVIII e XIX restaurados, que hoje abrigam bares, restaurantes, lojas de artesanato, museus e uma pousada, além das operadoras que promovem os passeios.

Lagoa do Portinho

É de fato uma reentrância do rio Portinho, cercada de belas dunas, com uma estrutura de bares populares em suas margens, sendo muito procurada pela população local para a prática de pesca esportiva e esportes náuticos. Fica a 15 km do centro de Parnaíba.

Praias

A única praia do município de Parnaíba fica na Ilha Grande de Santa Isabel, distante 16 km do Centro. Apresenta um cenário de dunas, pedras, barcos de pescadores e bares rústicos na areia. Outras praias bastante freqüentadas ficam no município vizinho de Luiz Correia: Atalaia, com boa estrutura de bares à beira-mar, e do Coqueiro, lugar tranqüilo com casas de veraneio. Mais adiante, já próximo à divisa com o Ceará, ficam Macapá e Campo Grande.


Voltar

Delta do Parnaíba

Atividades

Passeio de barco

O passeio básico dura 6h e percorre uma foz e alguns igarapés do Delta, com duas paradas para banho e caminhadas – na Praia dos Poldros e nas dunas do Morro Branco –, e almoço na Ilha das Canárias. Operadoras do Porto das Barcas: Av. Presidente Vargas.

Passeio de bugue

Passeio de 6h pelas dunas do Gemedor e do Urubu, com paradas para banho em algumas lagoas e visita ao pontal Oeste da Ilha Grande de Santa Isabel, a maior do Delta do Parnaíba. Operadoras do Porto das Barcas: Av. Presidente Vargas.

Voltar

Delta do Parnaíba

Gastronomia

A gastronomia tradicional do litoral nordestino, recheada de peixes nobres, lagostas, camarões e caranguejos, ganha contornos muito particulares na culinária de Parnaíba. Uma moqueca de arraia no dendê e leite de coco, uma peixada na cerveja com banana frita, peixe ao molho de frutas exóticas ou caranguejos de todas as formas – escaldado ou em casquinhas – são pratos que podem ser saboreados nos bons restaurantes de Parnaíba, juntamente com a tradicional comida sertaneja: a carne de sol, a macaxeira, o bode assado...

Voltar

Delta do Parnaíba

Artesanato

Destacam-se as rendas de bilro e os objetos trançados em fibras e palha de carnaúba, além de quadros com temas regionais e esculturas de arte santeira. A loja do Prodart (Programa de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense), no Porto das Barcas, tem o melhor do artesanato local, e na Ilha Grande de Santa Isabel podem ser encontradas as melhores opções em rendas e trançados. Associação das Artesãs em Trançados da Ilha Grande de Santa Isabel: Rua Evangelina Rosa, no 548, Ilha Grande de Santa Isabel. Casa das Rendeiras de Ilha Grande: Morro da Mariana, Ilha Grande de Santa Isabel.

Voltar

Delta do Parnaíba

Acessos

Por via rodoviária

De Teresina: BR-343.
De Fortaleza: BR-222 e BR-343.

Por via aérea

O Aeroporto Internacional de Parnaíba recebe vôos regionais regulares e charters internacionais.

Distâncias de Parnaíba

Teresina: 360 km.
Fortaleza: 517 km.


Voltar