Mato Grosso

Área 903.357km²
(10,6% do território nacional)
Habitantes 2.803.274
(1,5% da população nacional)
Capital Cuiabá

Mato Grosso

Cáceres e região

Cidade portuária e histórica, distante 215 km de Cuiabá, tem pouco mais de 90 mil habitantes. Está localizada às margens do rio Paraguai –que, junto com seus afluentes, além de ditar o ritmo das águas no Pantanal, é o motor do desenvolvimento econômico na região, determinante em sua vocação para o turismo da pesca e do ecoturismo.

A cidade exibe arquitetura colonial e, nas proximidades do núcleo urbano, tem fazendas históricas e belas paisagens naturais. É destino, principalmente, para os adeptos da pesca esportiva. Os turistas podem optar por instalar-se em barcoshotéis que oferecem toda a infra-estrutura para a realização de pescarias – durante a piracema, quando a pesca não é permitida, são utilizados em passeios para observação da fauna e da flora –, ou nos hotéis ao longo do curso do rio.

Os cenários naturais de Cáceres incluem cavernas, cachoeiras, a Reserva Ecológica Taimã e as praias fluviais formadas no período da seca. A partir de Cáceres, navegando pelo rio Paraguai, é possível visitar o Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense.

Cáceres e região

Principais Atrativos

Pesca esportiva

Cáceres tornou-se uma referência para os pescadores de vários países. Possui boa estrutura de serviçosespecífica para este segmento. Anualmente, é realizado em Cácereso Festival Internacional de Pesca, no rio Paraguai. Registrado no Guinnes Book como o maior torneio de pesca embarcada em água docedo mundo, o evento ocorre na segunda quinzena de setembro eatrai cerca de 100 mil pessoas. As provas reúnem mais de 1.500 concorrentes,entre adultos – que pescam embarcados –, e crianças, quetêm uma competição à parte. Espetáculos de grupos regionais, competiçõesdesportivas, feiras náuticas, artesanato e comidas típicascompletam a programação.

Navegação pelo rio Paraguai

No porto de Cáceres há dezenas de barcos-hotéis, confortáveis e bemequipados,que possibilitam passeios de um ou vários dias pelo rioParaguai para observar a fauna e a flora da região. Essas incursõespelo Pantanal acontecem principalmente nos meses de outubro/novembro – período em que a pesca fica proibida – e nos meses de dezembroa abril, período da cheia, quando o grande rio transborda de seu leito. Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense Grande área com mais de 130 mil hectares na confluência dos rios Cuiabá e Paraguai. Reconhecido pela Unesco como Reserva da Biosfera, preserva campos e áreas inundáveis com grandes populações de jacarés, capivaras, antas, onças e aves como o tuiuiú, pássaro-símbolo do Pantanal. A visita restringe-se a passeios de barco a partir de Cáceres ou Corumbá (MS).


Voltar

Cáceres e região

Arredores

Poconé

Apesar de estar mais próxima de Cuiabá (108 km) do que de Cáceres (186 km), Poconé também é, como Cáceres, uma cidade pantaneira. Tem aproximadamente 30 mil habitantes e toda a extensão da Rodovia Transpantaneira fica dentro dos limites do município. A estrutura hoteleira se concentra ao longo da rodovia, com pousadas e lodges (hotéis de selva) que organizam safáris fotográficos, passeios de barco pelos rios da região para observação de aves e animais, e cavalgadas. Na maioria desses lugares, o visitante pode também acompanhar o dia-a-dia de uma fazenda pantaneira.

Transpantaneira

A Rodovia Transpantaneira se estende ao longo de 150 km e tem mais de 120 pontes de madeira no seu percurso. Partindo de Poconé, atravessa todo o Pantanal Norte e acaba nas barrancas do rio Cuiabá, onde há um hotel para pescadores. Ali também é possível alugar barcos para fazer passeios pela região. No período da seca, é trafegável para qualquer tipo de veículo; na cheia, apenas veículos com tração 4x4 conseguem vencer os atoleiros. Em qualquer tempo, é preciso cuidado com as pontes, muitas delas em estado precário de conservação. No trajeto, principalmente ao amanhecer ou no fim de tarde, é possível observar jacarés, capivaras, aves, lobos e, com sorte, até mesmo onças.


Voltar

Cáceres e região

Acessos

Por via rodoviária

Cáceres-Cuiabá: BR-070.
Cáceres-Poconé: BR-070 e depois MT-456.
Poconé-Cuiabá: MT-060.

Distâncias de Cáceres

Cuiabá: 215 km
Poconé: 186 km


Voltar