Amapá

Área 142.814km²
(1,6% do território nacional)
Habitantes 594.587
(0,34% da população nacional)
Capital Macapá

Norte

Amapá

Desmembrado na década de 1940 do Pará, o Amapá permaneceu quase meio século como território federal até ser elevado à condição de estado pela Constituição de 1988. Coberto na maior parte de seus 142,8 mil km² pela Floresta Amazônica, tem apenas 16 municípios e 590 mil habitantes, dos quais 60% vivem na capital, Macapá.

Banhado a leste pelo Oceano Atlântico e o rio Amazonas, o litoral do Amapá se estende por 242 km, da foz do rio Oiapoque (marco da fronteira com a Guiana Francesa) à foz do rio Amazonas. Entre os diversos outros rios do Estado está o Araguari, no qual o fenômeno da pororoca – uma grande onda causada pelo encontro entre a água doce do rio e a salgada do mar – pode ser acompanhado de perto por turistas.

A miscigenação entre índios, negros e brancos se reflete na gastronomia, na música e em manifestações folclóricas e religiosas. Um exemplo é o marabaixo, dança de origem africana executada ao redor de um mastro e acompanhada por ladainhas e tambores.

Entre as diversas atrações culturais de Macapá estão a Fortaleza de São José, construída em meados do Século XVIII, e a Vila de Curiaú, antigo quilombo que se mantém como comunidade negra. Outras cidades amapaenses também oferecem atrativos para visitantes, como Oiapoque, na divisa com a Guiana Francesa, e Mazagão, colonizada por marroquinos há mais de dois séculos.